20ª edição do CantarES começa nesta quinta e segue até domingo no Teatro Universitário

O Encontro Nacional de Corais do Espírito Santo – CantarES, maior festival de corais do estado, chega à sua 20ª edição cheio de novidades. Com início nesta quinta-feira, 26, o CantarES 2019 traz, pela primeira vez, o Cantarzinho, braço do CantarES totalmente destinado ao coro infantil. O evento vai, ainda, prestar uma homenagem ao maestro Cláudio Modesto, regente do Coral da Ufes há mais de 40 anos. Ao todo, 18 corais se apresentarão no Teatro Universitário, no campus de Goiabeiras, que já está preparado para receber o público, gratuitamente, até o dia 29.

Clique aqui e assista à entrevista com o maestro Cláudio Modesto realizada pela TV Ufes.

A abertura do festival será às 20 horas desta quinta com o espetáculo Musical Weber, seguido pela apresentação de oito grupos de coro. Na sexta, 27, cinco corais participam do evento, também a partir das 20 horas. Já no sábado, 28, seis corais se apresentarão a partir das 19 horas. Ainda no sábado, o Coral da Ufes se unirá à orquestra Camerata Sesi e a outros convidados para uma performance em homenagem ao maestro Modesto.

Cantarzinho

Novidade desta edição, o Cantarzinho acontece no domingo, às 9 horas, quando coros infantis se apresentam no palco do Teatro. O coral do Centro de Educação Infantil (CEI) Criarte, localizado no campus de Goiabeiras da Ufes, é um dos cinco corais a se apresentar. Cerca de 60 crianças com idade entre quatro e cinco anos cantarão cantigas do folclore nacional, como Fui no Tororó e Meu Pastorzinho. O coral infantil do CEI Criarte é fruto de uma parceria pedagógica entre a escola e a Secretaria de Cultura da Ufes.

A ópera infantil O Reino de Duas Cabeças, composta pelo maestro brasileiro Jaceguay Lins e produzida pelo Coletivo das Artes, encerra o evento.

Homenagem

Além de ser regente do Coral da Ufes desde 1979, o maestro Cláudio Modesto é o responsável pela criação, no ano 2000, do CantarES, contando com o apoio da então coordenadora de música da Secretaria de Cultura da Ufes, Natércia Lopes. “Tínhamos o desejo de que Vitória sediasse um encontro de corais de porte nacional”, explica Modesto.

Para homenagear o maestro, que pretende encerrar suas atividades na Universidade em 2020, foram convidados ex-integrantes que participaram do coral da Universidade em suas quatro décadas de história. Com vasto repertório, que inclui de músicas folclóricas a eruditas, os coristas (estudantes, professores e servidores técnicos da Universidade, e membros da comunidade externa) já se apresentaram em várias cidades do país, visando à divulgação cultural e à descoberta de novos talentos.

Segundo o secretário de Cultura da Ufes, Rogério Borges, a homenagem a Modesto se deve à contribuição do maestro para que o Coral da Ufes se tornasse respeitado e uma referência na área no Espírito Santo. “É o reconhecimento da Universidade à dedicação e ao compromisso do maestro com a instituição”, celebra o secretário.

A expectativa é de que cerca de 200 ex-integrantes participem da homenagem “Isso vai ser um grande reencontro de todas as gerações do Coral, desde sua fundação, em 1976. Me sinto muito honrado”, afirma Cláudio Modesto.

O CantarES é uma realização da Secretaria de Cultura da Ufes. Confira no arquivo em anexo a programação completa do festival.

 

Texto: Adriana Damasceno
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.