CCHN sedia a mesa de debate ‘Austeridade, mídia e criminalização da vida’

O programa de extensão Fórum Permanente de Linguagem, do Departamento de Línguas e Letras da Ufes, e o Fórum Capixaba de Lutas Sociais realizam nesta quinta-feira, 18 de maio, a mesa de debates "Austeridade, mídia e criminalização da vida". O objetivo é discutir sobre como a vida das pessoas mais pobres​ e discriminadas é vista, descrita e tratada diante das políticas de austeridade.

A mesa terá início às 18 horas e será realizada no auditório do prédio IC-II, do Centro de Ciências Humanas e Naturais (CCHN), campus de Goiabeiras.

De acordo com a professora Junia Claudia Zaidan, do Departamento de Línguas e Letras, o evento é uma oportunidade para analisar “como os discursos políticos de austeridade incidem na vida da população pobre em um momento de aguda crise política, econômica, institucional e social em que se aprofundam as desigualdades, esfacelam-se os direitos da população, fortalecem-se preconceitos, violências e perseguições”.

O evento contará com a participação do delegado e professor de Criminologia da Academia de Polícia Civil Sílvio Terra (RJ) Orlando Zaccone, que é autor dos livros “Acionistas do nada: quem são os traficantes de drogas” e “Indignos de vida: a forma jurídica da política de extermínio de inimigos na cidade do Rio de Janeiro”.

Também estarão presentes a professora do Centro de Educação da Ufes, Ana Carolina Galvão, e a professora do Departamento de Psicologia Ana Heckert, que tem experiência na área de Psicologia Institucional, com ênfase em Políticas Públicas. Será destaque também o pesquisador Emerson Campos, graduado em Comunicação Social em Minas Gerais, com ênfase em Jornalismo e que atualmente investiga como as ideias fascistas se aproveitam da relação entre Jornalismo e Indústria Cultural para se perpetuarem.

Serão emitidos certificados de 4 horas aos participantes.

Projeto de extensão

O Fórum Permanente de Linguagem (Fopel) é um projeto de extensão que propõe um espaço institucional para a discussão aberta dos temas da sociedade a partir do reconhecimento de que se constituem pela linguagem.  O objetivo é contribuir para um posicionamento crítico e protagonista da instituição na produção e difusão do conhecimento através da realização de seminários que contam sempre com palestrantes e debatedores da própria comunidade acadêmica (estudantes e professores) e convidados externos.

Texto: Ana Luisa Monteiro (estagiária de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
60 anos da Ufes
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Reestruturação e Expansão das Universidades Federais
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.