Documentário sobre o sítio histórico de São Pedro do Itabapoana será lançado neste sábado, 3

Contar a história de um lugar do Espírito Santo a partir dos relatos de seus moradores é o que proporciona o documentário Sítio histórico de São Pedro do Itabapoana, que será lançado neste sábado, 3, às 19h30, na Praça da Matriz do distrito localizado no município capixaba de Mimoso do Sul. A solenidade de lançamento terá início às 19 horas, com uma apresentação da Camerata do Sesi.

O filme é parte das ações do projeto conservacionista desenvolvido pela parceria que reúne a Ufes, por meio da Secretaria de Cultura; o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan); a Secretaria de Estado da Cultura (Secult); a prefeitura local e a associação comunitária. O objetivo da parceria é a preservação, recuperação e revitalização do lugar que é patrimônio cultural do estado.

Dirigido pelo cineasta, biólogo e produtor cultural Cloves Mendes, o documentário de 32 minutos mostra a história de São Pedro do Itabapoana, que é tombado como Patrimônio Histórico e Cultural do Espírito Santo desde 1986. “O filme mostra a história contada pelos próprios moradores, entre relatos e causos, e ressalta a importância histórica do distrito”, destaca o cineasta. “A proposta é contribuir para o trabalho de preservação e restauração que está sendo feito no sítio histórico”, acrescenta Cloves Mendes. O documentário tem a produção de Antonio Balbino, com imagens de Sander Calmon e Pedro Padovan, locução de Carol Veiga e música de Carlos Henrich.

Produção audiovisual

De acordo com secretário de Cultura da Ufes, Rogério Borges, a produção audiovisual é uma das linhas de ação do projeto. “A parceria definiu como ações iniciais a digitalização de acervos das famílias do distrito, a identificação de fontes bibliográficas sobre São Pedro, a conservação do patrimônio físico, e a produção audiovisual, que agora se materializa com o lançamento do documentário”, ressalta. Segundo ele, outro objetivo é levar para São Pedro atividades de ensino, pesquisa e extensão da Ufes, além de treinamento e capacitação dos moradores para diferentes ações.

Toda a produção do projeto Ufes/Iphan/Secult, consolidado por meio de termo de cooperação assinado em 12 de dezembro de 2017, será disponibilizada ao público no Museu São Pedro de Alcântara, que também será modernizado.

São Pedro do Itabapoana se tornou sítio histórico por aprovação do Conselho Estadual de Cultura. Até a década de 1920, São Pedro era o segundo município mais populoso do estado e com forte influência política regional. Na ditadura Vargas, em 1930, foi criado o município de Mimoso do Sul e São Pedro transformado em distrito. Lá, é realizado anualmente o tradicional Festival de Inverno de Sanfona e Viola, e que em 2019 chegou à sua 22ª edição.

 

Texto: Luiz Vital
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.