Fordan realiza simpósio virtual para comemorar 15 anos de atividades na periferia de Vitória

Começa na noite desta quarta-feira, 29, o I Simpósio Fordan: 15 Anos de Acolhimento à Periferia, evento on-line que reunirá equipes e parceiros do projeto de extensão Fordan: Cultura no Enfrentamento às Violências para relatar suas experiências no desenvolvimento de propostas em favor da comunidade de São Pedro, em Vitória. O evento terá continuidade nos dias 30 e 31 de julho e, após uma pausa no fim de semana, retoma as atividades nos dias 3, 4 e 5 de agosto, sempre das 18 às 20 horas. A noite de abertura traz como convidada a pesquisadora e professora do Departamento de Enfermagem Ethel Maciel, discutindo o tema Fordan na COVID-19: monitoramentos com cuidados que mantêm vivos 174 moradores da periferia.

O Simpósio tem transmissão ao vivo por meio da página do projeto no Facebook e as inscrições são efetivadas após preenchimento do formulário de inscrição (clique aqui), o que garante o direito ao certificado. A participação é gratuita.

As pesquisadoras do Laboratório de Pesquisas sobre Violência contra a Mulher no Espírito Santo (Lapvim/Ufes) e professoras do Departamento de Direito Brunela Vicenzi e Catarina Cecin, além da representante do Ministério Público Estadual Claudia Garcia, participam da live de quinta-feira, dia 30, abordando a temática Violência contra a mulher: avanços e desafios dos operadores da Justiça. Fechando a semana, a professora do Departamento de Ciências Sociais Márcia Barros, a gestora da Legião da Boa Vontade Mirian Rodrigues e a pedagoga Karen Calegari conversam sobre Fordan 15 anos: metodologias no acolhimento à periferia, na sexta-feira, dia 31.

A escuta PIS no fortalecimento de famílias em vulnerabilidade social: a importância do trabalho multidisciplinar será o tema discutido pelas equipes do projeto na noite de segunda-feira, 3 de agosto. No dia seguinte, a coordenadora da Comissão de Educação em Direitos Humanos da Secretaria Municipal de Educação (Seme), Heloisa de Carvalho, a presidente da Comissão da Mulher na Associação Brasileira de Advogados Criminalistas do Espírito Santo, Layla Freitas, e a professora e assistente social Juliane Barroso abordam a temática Políticas sociais no fortalecimento de famílias em vulnerabilidade social e no enfrentamento às violências.

Na quarta-feira, dia 5, o encerramento do I Simpósio Fordan trará o assunto Cultura: denúncia das violências e fortalecimento de famílias em vulnerabilidade, contando com a participação da pesquisadora e chefe da Divisão de Gestão da Informação da Pró-Reitoria de Extensão (Proex), Claudia Rangel.

História

O projeto de extensão Fordan: Cultura no Enfrentamento às Violências é um projeto social que atua em oitos dos 11 bairros da Grande São Pedro, acolhendo e monitorando cerca de 200 pessoas residentes. Os trabalhos têm como foco o enfrentamento à violência sofrida por mulheres, crianças, jovens, pobres e outros grupos vulneráveis e contam com a parceria da Fraternidade Espírita Fonte Viva, que cede o espaço físico e a infraestrutura necessária à realização das atividades.

“Oferecemos orientação sociojurídica, atendimento de Fisioterapia e Terapia Ocupacional e atividades de música, arte, reforço escolar e aulas de inglês, além de danças, como balé e danças urbanas, para pessoas em vulnerabilidade, em sua maioria pretas e pobres”, explica a fundadora e coordenadora do projeto, Rosely Pires, professora do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) da Ufes.

Durante a suspensão das atividades e o isolamento social impostos pela pandemia da COVID-19, as equipes do projeto têm realizado entregas de cestas básicas contendo alimentos, materiais de higiene e kits artístico-pedagógicos a cada 15 dias nas residências dos moradores. Atendimentos psicológicos, psicanalistas e orientações relativas a acessos a benefícios sociais têm sido feitos via aplicativo WhatsApp.

O I Simpósio Fordan: 15 Anos de Acolhimento à Periferia tem apoio da Proex, do Lapvim, da Sociedade Brasileira de Psicologia (SBP) e do Núcleo de Estudos Indiciários (NEI/Ufes).

 

Texto: Adriana Damasceno
Edição: Thereza Marinho

 

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.