Inscrições abertas para oficinas de alimentação saudável

O Projeto de Extensão Práticas de Alimentação Saudável: construção, desenvolvimento e avaliação está com as inscrições abertas para oficinas de alimentação saudável. O objetivo é desenvolver estratégias de informação, educação, comunicação e mobilização para a promoção da alimentação saudável de pessoas, famílias e comunidade.

A meta é executar ações de educação alimentar para redução do consumo de sal, açúcar e gorduras, e aumento de alimentos saudáveis, atuando junto à comunidade local, aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e aos pacientes do Programa de Cirurgia Bariátrica do Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam-Ufes).

As oficinas estão abertas tanto para comunidade interna e externa, e serão realizadas nos dias 10, das 13h15 às 16h30, e 25 de setembro, das 8h15 às 11h30. Elas serão ministradas no Laboratório de Nutrição Dietética da Ufes (campus de Maruípe), no qual os participantes aprenderão a desenvolver receitas de pão integral, bolo, biscoito, sal de ervas, caldo de legumes, preparações salgadas e sorvete de frutas, entre outras.

Para se inscrever, os interessados devem acessar o endereço eletrônico https://maisaudeufes.wixsite.com/projetomaisaude/oficinas, onde também há informações sobre alimentação saudável, receitas e contatos dos organizadores.

“Acreditamos que é importante compartilhar saberes entre os atores envolvidos ao construir oportunidades de manejo da alimentação de forma mais consciente e saudável. Os participantes das oficinas são desafiados a preparar alimentos sem açúcar, com pouco sal e sem ultraprocessados. Assim sendo, são produzidas preparações utilizando técnicas dietéticas adequadas para obtenção de uma alimentação mais saudável e de menor custo, além de desenvolver habilidades para produção e comercialização de produtos com as características mencionadas”, ressalta a professora do Departamento de Educação Integrada em Saúde do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Ufes e coordenadora do projeto, Maria del Carmen Molina.

Abordagem

Durante as oficinas, serão utilizadas abordagens que privilegiam os processos ativos para construção de conhecimento. A partir de práticas contextualizadas nas realidades dos participantes, serão desenvolvidas e executadas ações a fim de possibilitar a integração entre teoria e prática, ensino e pesquisa.

“A promoção da alimentação saudável deve envolver os sujeitos para a tomada de decisões, tendo em vista que é um processo dialógico que visa à autonomia e ao autocuidado. Assim, são requisitos fundamentais as práticas referenciadas na realidade local e problematizadoras, considerando os contrastes e as desigualdades sociais que impactam o direito universal à alimentação em quantidade e qualidade adequadas”, conclui a coordenadora do projeto.

A alimentação saudável se baseia em um maior consumo de alimentos naturais, isso é, alimentos que não passam por transformações na indústria. São aqueles obtidos da terra ou dos animais, como as frutas, verduras, ovos, leite e carnes. Podem ser consumidos sozinhos ou fazendo parte de preparações caseiras.

Texto: Jorge Medina
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.