Mês de junho começa com duas estreias na programação do Cine Metrópolis

Além da reexibição de A Costureira dos Sonhos, o Cine Metrópolis, no campus de Goiabeiras, apresenta duas estreias nacionais em sua programação. Beatriz (foto) e Histórias Estranhas são as novidades que entram em cartaz e serão exibidas entre os dias 6 e 12 de junho, em horários variados.

Os ingressos para os filmes podem ser adquiridos na bilheteria do cinema por R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Estudantes da Ufes têm entrada gratuita.

Confira a programação completa.

Beatriz (16 anos)

Com Marjorie Estiano e Sérgio Guinzé no elenco, o longa de Alberto Graça retrata a relação de dependência da jovem advogada Beatriz, que se muda com o marido, o escritor Marcelo, para Lisboa com a intenção de ajudá-lo a escrever seu novo livro.

A história do livro gira em torno de ciúme e obsessão e, para ativar a veia criativa do marido, Beatriz se coloca em situações de risco para construir uma personagem feminina e opta por uma vida dupla que inclui drogas e relações sexuais extraconjugais com mulheres e homens desconhecidos.

Sessões: quinta-feira, 6, às 18h30; sexta-feira, 7, às 20h; sábado, 8, às 16h; domingo, 9, às 18h; segunda-feira, 10, às 20h; e quarta-feira, 12, às 20h.

 

Histórias Estranhas (16 anos)

Oito diretores de diferentes cidades do Brasil se reuniram para realizar o projeto Histórias Estranhas, idealizado e dirigido por Ricardo Ghiorzi. Trata-se de uma coletânea de contos que, em 75 minutos, apresenta ao público narrativas acerca de questões sobrenaturais, com assassinos, bruxas, demônios, mutantes e até um homem invisível.

Ninguém; A Mão; Mulher Ltda.; No Trovão, Na Chuva ou Na Tempestade; Os Enamorados; Invisível; Sete Minutos para a Meia-noite; e Apóstolos são as oito histórias que compõem o projeto.

Sessões: quinta-feira, 6, às 20h30; sexta-feira, 7, às 18h30; sábado, 8, às 18h; domingo, 9, às 16h30; segunda-feira, 10, às 18h30; e quarta-feira, 12, às 18h30.

A costureira de sonhos (10 anos)

Esse filme, roteirizado e dirigido por Rohena Gera, é a clássica história de patrão e empregada, agora sob o ponto de vista indiano. Em Mumbai, a jovem viúva Ratna trabalha como empregada doméstica na casa de Ashwin, um homem de família rica. Ambos falam línguas diferentes e usam o inglês como ponte.

Há um abismo entre os mundos dos dois que o público pode sentir pelos ritmos de vida de ambos: enquanto Ratna sempre surge apressada e com coisas na mão, Ashwin parece sempre despreocupado e pensativo, o que é mais acentuado por ele ter terminado seu casamento dias antes.

Com histórias de vida e classes sociais distintas, os dois passam a morar juntos e logo as diferenças são deixadas um pouco de lado, diante de sentimentos inesperados que surgem entre eles.

Sessões: quinta-feira, 6, às 16h; e sexta-feira, 7, às 16h.

 

Texto: Adriana Damasceno
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.