Orquestra Sinfônica celebra aniversário da Ufes com apresentação no Teatro Universitário

Em clima de comemoração, a Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses) se apresenta nesta quarta, 8, e quinta, 9, às 20 horas, no Teatro Universitário da Ufes, no campus de Goiabeiras, para celebrar os 65 anos da Universidade e os cem anos do eclipse solar observado de Sobral, no Ceará.

A apresentação da quarta-feira é em comemoração ao aniversário da Universidade. Assim, servidores ativos e inativos e estudantes da Ufes não pagam ingresso, que deve ser retirado na bilheteria do Teatro no dia do concerto, entre 15 e 17 horas. A distribuição dos ingressos está limitada à lotação do Teatro.

Com o mesmo programa, o concerto de quinta-feira, dia 9, também já tem ingressos disponíveis na bilheteria do Teatro, podendo ser adquiridos pelo público por R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), das 15 às 20 horas.

Sob regência do maestro adjunto da Oses Leonardo David, os concertos, intitulados Ora direis ouvir estrelas!, contarão com a participação dos solistas Alexandre Bianque (tenor) e Rosiane Queiroz (soprano). O repertório da Orquestra para estas apresentações conta com cinco músicas: Amanhecer, do violonista sergipano Fabiano Santana; Ária da Folia, do compositor francês Philippe Rameau (1963-1764); Ária Eclipse Total, do compositor alemão Georg Friedrich Handel (1685-1759); e a última sinfonia escrita por Wolfgang Amadeus Mozart, Sinfonia nº 41, apelidada de Júpiter e finalizada em 1788.

Segundo o secretário de Cultura da Ufes, Rogério Borges, a apresentação da Oses durante as comemorações dos 65 anos da Universidade consolida a parceria entre a Orquestra e a Instituição. “É uma ação importante por ampliar possibilidades de novos projetos, principalmente voltados aos nossos estudantes do curso de Música”, analisa.

Eclipse

Já a proposta de celebrar o Eclipse de Sobral partiu do Departamento de Inovações e Divulgação da Ciência da Pró-Reitoria de Extensão da Ufes. Em maio de 1919, cientistas ingleses foram para a cidade de Sobral, no interior do Estado do Ceará, para estudar o eclipse solar. A observação do fenômeno astronômico foi um dos eventos mais relevantes da Física moderna e da ciência, e tornou-se histórico por comprovar a Teoria da Relatividade Geral de Albert Einstein.

Apesar disso, segundo o diretor do Departamento, professor Laércio Ferracioli, Sobral não foi incluída neste cenário científico. “Por isso, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) está promovendo eventos por todo o Brasil, ao longo deste ano, para celebrar esta data tão relevante e incluir, de modo definitivo, as observações do Eclipse de Sobral nos cânones da Ciência”, explica ele.

Mais informações sobre as apresentações da Orquestra Sinfônica podem ser obtidas no Teatro Universitário pelo telefone (27) 3335-2953.

 

Texto: Adriana Damasceno
Foto: Marcelo Siqueira - Secult
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.