Projeto de extensão lança edital para apoiar empresas desenvolvedoras de software

Muitas vezes, pequenas e médias empresas passam por dificuldades para implantar ou expandir seus negócios em razão de limitações no desenvolvimento de softwares. Pensando nesses empreendimentos, foi desenvolvido o projeto de extensão Clínica de Engenharia de Software, que funciona no Centro de Ciências Exatas, Naturais e da Saúde (CCENS), no campus de Alegre.

O primeiro edital do projeto foi lançado nesta segunda-feira, 13, com a disponibilização de duas vagas. “Especificamente para esta edição, visamos auxiliar as empresas selecionadas a buscarem avaliação e melhoria de práticas de engenharia de requisitos, ou seja, levantamento, especificação, verificação e validação de software, além do gerenciamento de requisitos durante todo o processo de desenvolvimento das ferramentas”, explica o coordenador da Clínica e professor do Departamento de Computação do CCENS Clayton Fraga Filho.

Além da engenharia de requisitos, a Clínica dará apoio às empresas em quatro outras áreas: design (avaliação de modelos arquiteturais adotados, apoio à seleção e adoção do modelo de arquitetura), gerenciamento de projetos (avaliação e sugestão de práticas, atividades, abordagens e métodos), qualidade de software (avaliação para sugestão de adoção de métodos, ferramentas, práticas de testes, recomendação de práticas, entre outros) e fábrica de testes (testagem de produtos desenvolvidos pela empresa selecionada).

Conforme a coordenação, a ideia é que o projeto funcione como uma verdadeira “clínica” para os seus pacientes, no caso, as empresas. “Pequenas e médias empresas têm dificuldade em implantar atividades técnicas que não sejam o desenvolvimento do produto em si, e então passam por problemas (sintomas) que eventualmente podem ser resolvidos com a utilização das práticas adequadas (tratamento) disponíveis no arcabouço prático-teórico da área de Engenharia de Software”, explica Fraga Filho.

A equipe do projeto Clínica de Engenharia de Software conta também com a participação do subcoordenador Giuliano Prado, professor do Departamento de Computação, e com seis estudantes dos cursos de bacharelado em Ciências da Computação e em Sistemas da Informação. Em razão da pandemia, o atendimento às empresas selecionadas será realizado remotamente.

Um passo a passo de como funciona o atendimento pode ser encontrado aqui. Para mais informações acerca do edital, acesse o site o projeto.

 

Texto: Vinícius Fontana
Imagem: Freepik

Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Edital
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.