Rafiki e Vermelho Sol entram em cartaz nesta quinta, 8, no Cine Metrópolis. Veja a programação

Os filmes Rafiki (foto) e Vermelho Sol entram em cartaz nesta quinta-feira, 8, no Cine Metrópolis (campus de Goiabeiras). Esses e os demais filmes que estão na programação serão exibidos em vários dias e horários (confira abaixo).

Os ingressos para os filmes podem ser adquiridos na bilheteria do cinema por R$10 (inteira) e R$5 (meia), e estudantes da Ufes têm entrada gratuita.

Confira a programação completa.

Rafiki (14 anos)

Kena (Samantha Mugatsia) e Ziki (Sheila Munyiva) são grandes amigas e, embora suas famílias sejam rivais políticamente, as duas continuaram juntas ao longo dos anos, apoiando uma a outra na batalha pela conquista de seus sonhos. A relação de amizade transforma-se em um romance que passa a afetar a rotina da comunidade conservadora em que vivem. As jovens terão que escolher entre experimentar o amor que partilham ou se distanciar em função de uma vida segura. 

Sessões: quinta-feira, 8, às 19h (nesta sessão, logo após a exibição haverá um debate sobre o filme); sexta-feira, 9, às 14h e às 20h10; sábado, 10, às 18h; domingo, 11, às 18h; segunda-feira, 12, às 18h30; terça-feira, 13, às 14h30 e às 20h10; quarta-feira, 14, às 16h30.

 

Vermelho Sol (14 anos)

Claudio é um advogado de meia idade que vive uma vida calma e confortável com sua esposa, em uma pequena cidade da Argentina da década de 1970. Quando um detetive particular aparece na sua cidade determinado em localizar um estranho com quem ele brigou meses atrás em um restaurante, seu mundo é virado de cabeça para baixo.

Sessões: quinta-feira, 8, às 17h; sexta-feira, 9, às 18h20; domingo, 11, às 16h; segunda-feira, 12, às 20h; terça-feira, 13, às 18h20; quarta-feira, 14, às 14h30.

 

No coração do mundo (16 anos)

Contagem, Minas Gerais. Dentro da comunidade local, Marcos (Leo Pyrata) se vira diariamente com os pequenos crimes que comete. Quando reencontra Selma (Grace Passô), uma antiga amiga, ele se convence da possibilidade de executar um assalto bem-sucedido. Mas o plano só pode ser colocado em prática com a ajuda de uma terceira pessoa e Ana (Kelly Crifer), namorada de Marcos, hesita em participar.

Sessões: quinta-feira, 8, às 15h; sexta-feira, 9, às 16h; terça-feira, 13, às 16h.

 

Divino Amor (18 anos)

Coproduzido por Brasil, Uruguai, Chile e Dinamarca, esse drama viaja até o Brasil de 2027 e mostra um país que se tornou teocracia evangélica. Joana, muito religiosa, é membro da seita Divino Amor. Escrivã de cartório, ela usa sua posição no trabalho para tentar salvar casais que chegam para se divorciar. Enquanto espera por um sinal de reconhecimento pelos seus esforços, ela é confrontada com uma crise no seu próprio casamento, que termina por deixá-la mais perto de Deus.

Com direção do pernambucano Gabriel Mascaro, Divino Amor traz em seu elenco nomes como Dira Paes, Emílio de Melo, Julio Machado, Thalita Carauta, Mariana Nunes, Teca Pereira e Tuna Duek.

Sessões: sábado, 10, às 16h.

Texto: Danielle Gonçalves (estagiária de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.