Reitor da Ufes participa da III Conferência Regional da Educação Superior

O reitor Reinaldo Centoducatte participa esta semana da terceira edição da Conferência Regional da Educação Superior (CRES 2018), que está sendo realizada em Córdoba, na Argentina. O evento é organizado pelo Instituto Internacional da Unesco para a Educação Superior da América Latina e o Caribe (Unesco-Iesalc), pela Universidade de Córdoba, pelo Conselho Interuniversitário Nacional (CIN) e pela Secretaria de Políticas Universitárias (SPU) do Ministério da Educação da Argentina.  

A CRES 2018 é uma das reuniões regionais preparatórias da Conferência Mundial sobre o Ensino Superior, que ocorrerá em Paris, em 2019, e marca o centenário da Reforma Universitária de 1918, em defesa da autonomia e democratização da universidade pública. A conferência debate o atual cenário da educação superior na América Latina e Caribe e as estratégias para a próxima década com vistas aos objetivos do desenvolvimento sustentável e definições da agenda Educação 2030 da Unesco.

As discussões serão desenvolvidas em torno de sete eixos temáticos: O papel estratégico da educação superior no desenvolvimento sustentável da América Latina e do Caribe; A educação superior como parte do sistema educativo na América Latina e no Caribe; Educação superior, diversidade cultural e interculturalidade na América Latina e no Caribe; Educação superior, internacionalização e integração regional da América Latina e do Caribe; O papel da educação superior frente aos desafios sociais da América Latina e do Caribe; A pesquisa científica e tecnológica e a inovação como motor do desenvolvimento humano, social e econômico da América Latina e do Caribe; e 100 anos da Reforma Universitária de Córdoba.

Participação brasileira

Com base nas reflexões geradas no âmbito do seminário Contribuição da Educação Superior Pública do Brasil para a CRES 2018, realizado em Brasília, em maio, representantes das instituições brasileiras elaboraram um documento com posicionamentos acerca dos eixos temáticos e sugestões para ações e estratégias. A iniciativa foi organizada pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino (Andifes), Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem) e Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional Científica e Tecnológica (Conif) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A Carta de Brasília constitui posicionamento político dos representantes brasileiros e inclui propostas para aprofundamento do compromisso do ensino superior com a comunidade, regionalização da ciência e tecnologia, integração da educação superior com a sociedade, internacionalização acadêmica regional e reconhecimento e respeito às diferenças.

Articulação

O diretor do Unesco-Iesalc, Pedro Henriquéz Guajardo, aponta a necessidade de articulação entre as universidades para alcançar o desenvolvimento sustentável. “É preciso pensar junto. É necessário que as instituições busquem outros fatores para o reconhecimento, não basta o reconhecimento oficial que beneficia apenas um grupo. O processo de internacionalização passa por isso”, afirma.

A programação inclui atividades plenárias, simpósios, fóruns, mesas de trabalho e  exposições acadêmicas. Os participantes também poderão aproveitar a programação cultural e celebrações. São esperadas cerca de três mil pessoas, entre reitores, acadêmicos, trabalhadores, estudantes, representantes de redes, de associações profissionais, de centros de pesquisa, de sindicatos e de organizações governamentais e não governamentais.

Histórico

A primeira edição da conferência foi realizada em Havana, Cuba, em 1996. O principal resultado foi estabelecer e colocar em prática critérios de comparabilidade entre as várias agências que creditam a qualidade da Educação Superior na América Latina e Caribe. A segunda foi em Cartagena, Colômbia, em 2008, quando a concepção de ensino superior foi definida como bem público e instrumento estratégico para o desenvolvimento sustentável e integração regional. 

Informações sobre os debates realizados na conferência podem ser acompanhadas por meio do site http://www.cres2018.org/ .

 

Texto: Thereza Marinho, com informações do Instituto Internacional da Unesco para a Educação Superior da América Latina e o Caribe (Unesco-Iesalc)

 

Categoria: 
Destaque
Evento
60 anos da Ufes
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Reestruturação e Expansão das Universidades Federais

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.