Sisu 2020: Ufes ofertará 2.776 vagas em 73 cursos para o primeiro semestre

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da Ufes divulgou nesta quinta-feira, 28, o Termo de Adesão ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) da primeira edição de 2020 (referente às vagas para ingresso no primeiro semestre). A Universidade ofertará 2.776 vagas em 73 cursos nos campi de Goiabeiras, Maruípe, Alegre e São Mateus. Do total de vagas, 1.382 são destinadas à ampla concorrência e 1.394, à reserva de vagas (Lei 12.711/2012).

Assim como ocorreu em 2019, para pleitar as vagas referentes ao segundo semestre, os candidatos deverão participar do segundo processo seletivo do Sisu 2020, no qual a Ufes disponibilizará um novo quantitativo de vagas.

Os cursos que não ofertarem vagas para ingresso no primeiro semestre o farão para o segundo semestre, à exceção daqueles que possuem processos seletivos específicos, realizados pela Universidade, como Licenciatura em Educação do Campo, Letras-Libras e bacharelado e licenciatura em Música.

Todas as informações estão disponíveis no Edital de Regulamentação Sisu/Ufes 2020-1, que trata do ingresso nos cursos presenciais de graduação da Ufes no 1º semestre de 2020, e no Termo de Adesão firmado entre a Ufes e o Ministério da Educação (MEC), que relaciona o número de vagas ofertado por cada curso em cada modalidade de ingresso, além das notas mínimas que o candidato deve obter no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) para concorrer às vagas de cada curso.

Todas as informações estão disponíveis no site sisu.ufes.br.

Entrevista e laudo 

No processo seletivo de 2020, todos os candidatos autodeclarados PPI (pretos, pardos e indígenas) serão convocados para entrevista presencial individual com membros da Comissão de Avaliação Étnico-Racial, a exemplo do processo realizado em 2019. Conforme especificado no item 5.4 do edital, a verificação feita pela Comissão levará em conta única e exclusivamente as características fenotípicas do candidato, jamais a ascendência.

Já os candidatos com deficiência deverão apresentar laudo médico específico, assinado por um médico especialista, contendo na descrição clínica o tipo e o grau da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença (CID), bem como a provável causa da deficiência e as limitações impostas por ela. O laudo será analisado pela Comissão de Avaliação Biopsicossocial da Ufes.

A lista com a documentação necessária para os candidatos classificados (em todas as modalidades) realizarem a matrícula na Ufes pode ser verificada no edital.

Inscrições

O período de inscrições para o Sisu 2020 ainda não foi definido pelo MEC. Poderão participar da seleção os candidatos que tenham concluído o ensino médio e que realizaram o Enem neste ano. Após a divulgação do resultado do Exame (prevista para janeiro de 2020), o candidato deve verificar, para o curso pleiteado, a nota mínima estabelecida pela Ufes para cada área do conhecimento e também a média necessária no Enem.

As ações afirmativas atenderão ao estabelecido pela Portaria MEC nº 18, de 2012, com metade das vagas destinadas a estudantes egressos de escola pública. Dentro desse percentual, também está prevista cota para autodeclarados pretos, pardos e indígenas, e para pessoas com deficiência.

Os classificados deverão realizar a pré-matrícula no endereço sisu.ufes.br, onde o candidato confirmará seu interesse pela vaga. Posteriormente, será realizada pela Ufes a matrícula definitiva dos candidatos. Ambas as etapas de matrícula são obrigatórias.

 

Texto: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Edital
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.