Ufes coordena no ES pesquisa nacional sobre práticas de Enfermagem na atenção primária

Compreender as práticas de Enfermagem, segundo os diferentes contextos e cenários de atuação, além dos diferentes perfis das enfermeiras e dos enfermeiros que atuam no Brasil, é o principal objetivo da pesquisa Práticas de Enfermagem no contexto da Atenção Primária à Saúde (APS). A investigação está sendo realizada em todo o país e, no Espírito Santo, é realizada sob a coordenação do professor do Departamento de Enfermagem da Ufes Welligton Lazarini.

“É fundamental que os enfermeiros e as enfermeiras de cada município do nosso estado participem conosco desse grande momento. O desenvolvimento de uma profissão se faz com escuta, diálogo, trocas de experiências e reconhecimento da sua história. Em um país com dimensões continentais como o Brasil, as experiências e os diferentes modos de fazer saúde são uma fonte rica para melhorarmos a qualidade dos nossos serviços, tendo em vista a realidade da nossa população e suas necessidades em saúde”, explica Lazarini.

Segundo o professor, a pesquisa servirá ainda para expor as mazelas históricas às quais os trabalhadores de Enfermagem estão submetidos. “A pesquisa também é uma reafirmação do nosso compromisso com a defesa intransigente do Sistema Único de Saúde (SUS). Queremos um SUS digno, de todos, e que tenha na Atenção Primária à Saúde seu eixo estruturante. Para isso, uma Enfermagem qualificada, robusta e atuante é de vital importância”, acrescenta.

De acordo com a Secretaria de Atenção Primária à Saúde (Saps) do Ministério da Saúde (MS), a Atenção Primária à Saúde (APS) se configura como um conjunto de ações de saúde individuais, familiares e coletivas que envolvem promoção, prevenção, proteção, diagnóstico, tratamento, reabilitação, redução de danos, cuidados paliativos e vigilância em saúde.

Público-alvo

A pesquisa é dirigida a enfermeiros que atuam na APS, seja na Estratégia Saúde da Família (ESF) ou em unidades básicas. Os interessados em participar deverão preencher um questionário que está disponível aqui ou nos sites do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen); do Laboratório de Educação, Informação e Comunicação em Saúde (Ecos/UnB); do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems); do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e da Associação Brasileira de Enfermagem de Família e Comunidade (Abefaco). Nessa primeira etapa, serão disponibilizados os questionários aos enfermeiros de todo o país. Em seguida, parte dos profissionais que preencheram os questionários passará por entrevistas.

A expectativa é que a conclusão final do estudo termine em agosto de 2021. No entanto, Lazarini ressalta a importância de o questionário ser respondido o mais breve possível. Segundo o professor, por conta da pandemia da COVID-19, o prazo limite para preencher o questionário poderá se estender até o fim de 2020.

Os resultados contribuirão também para regular a profissão e subsidiar gestores na elaboração e na implementação de políticas públicas, além de discutir estratégias de enfretamento às dificuldades vivenciadas pelos profissionais.

Nacionalmente, a investigação está sob a coordenação da professora da Universidade de Brasília (UnB) Maria Fátima de Sousa e do Cofen, em parceria com o Conass, o Conasems, a Abefaco e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

Legado

No estado, o professor Lazarini assumiu a coordenação da pesquisa recentemente, em virtude do falecimento da professora Luzimar dos Santos Luciano, ocorrido no início do mês de junho. “Ela acompanhou todo o desenvolvimento da pesquisa desde o início. Dar seguimento a esse trabalho, portanto, possui um duplo significado: comprometer-se com o desenvolvimento da Enfermagem em Atenção Primária à Saúde e manter vivo o legado da querida professora Luzimar”, ressalta.

Além de Lazarini, outros professores do Departamento de Enfermagem, que fizeram suas trajetórias profissionais e acadêmicas na APS, também estão envolvidos no projeto. Profissionais que atuam em outras instituições, como no Conselho Regional de Enfermagem (Coren-ES), também estão apoiando a iniciativa.

Texto: Jorge Medina
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.