Ufes será homenageada com sessão solene na Assembleia Legislativa

A Ufes será homenageada pelos seus 65 anos em sessão solene a ser realizada nesta sexta-feira, 29, às 18 horas, na Assembleia Legislativa do Espírito Santo. A homenagem foi proposta pela deputada estadual Iriny Lopes. 

A solenidade contará com a presença do reitor Reinaldo Centoducatte, da vice-reitora Ethel Maciel e de gestores, professores, servidores técnicos e estudantes da Universidade, além dos deputados estaduais.

A sessão terá início com uma apresentação musical feita por membros da comunidade acadêmica. Durante o evento, por iniciativa da deputada, professores da instituição serão homenageados por sua contribuição ao ensino.  

Comemorações

As comemorações dos 65 anos da Ufes - celebrados em 5 de maio – tiveram início no dia 2 de maio, com o hasteamento das bandeiras do Brasil, do Espírito Santo e da Universidade, em frente ao Teatro Universitário, no campus de Goiabeiras.

Também foi inaugurado um painel, com seis metros de altura e oito de largura, contendo os 30 artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Afixado na parede externa do Cine Metrópolis, o painel tem a proposta de ser um marco do papel da Universidade na luta contra qualquer tentativa de violação dos direitos humanos.

Nesse mesmo dia, à noite, foi realizada a abertura solene das comemorações, no Teatro Universitário. Durante a cerimônia, houve a apresentação do grupo de trompetes da Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames), o lançamento de um selo filatélico e de um carimbo comemorativos com a logomarca dos 65 anos, e uma palestra com a filósofa, psicóloga, psicanalista e poetisa Viviane Mosé (graduada em Psicologia pela Ufes), que falou sobre A Educação Pública e a Sociedade em Rede: avanços e retrocessos.  

Durante todo o ano, outros eventos foram realizados como parte da programação de aniversário da Universidade.

Impacto social

Durante seus 65 anos de existência, a Ufes mudou a vida de mais de 50 mil estudantes de graduação, qualificando escolas, empresas e instituições . Além disso, mais de 20 mil profissionais obtiveram seus diplomas de pós-graduação, grande parte deles capixabas, impactando significativamente suas vidas.

As pesquisas realizadas em seus centros de ensino impactam a agricultura de café, mamão e tantas outras culturas, com o desenvolvimento de tecnologias de combate a pragas. No campo da saúde, são diversos diagnósticos em laboratórios de pesquisas só disponíveis na Ufes, além de diversas melhorias a partir de seus mais de 1.500 projetos de pesquisa.

O Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes (Hucam-Ufes) é considerado o maior da rede pública de saúde do Espírito Santo, tendo em vista o volume de atendimentos. A unidade realiza, por ano, cerca de dez mil internações, seis mil cirurgias, 1,5 mil partos, 200 mil consultas ambulatoriais, 15 mil atendimentos de urgência e 250 mil exames laboratoriais de análises clínicas.

Na extensão, são mais de dois milhões de pessoas beneficiadas anualmente por mais 800 projetos que vão da prevenção ao câncer de pele à preservação da cultura em comunidades quilombolas, passando pela atuação expressiva em comunidades gravemente atingidas por crimes ambientais.

Em seus espaços culturais ativos - teatro, cinema, galerias de arte e museus -, somente nos últimos cinco anos, circularam mais de 160 mil crianças e adolescentes do estado.

A Ufes é a única universidade pública no Espírito Santo e conta com quatro campi (Goiabeiras, Maruípe, Alegre e São Mateus), onde estudam cerca de 21 mil estudantes e trabalham 1.768 professores efetivos e 2.068 servidores técnico-administrativos. A Universidade oferta 103 cursos de graduação presencial, nove cursos na modalidade a distância e 93 cursos de pós-graduação.

 

Texto: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.