Nota Pública da Administração Central da Ufes

A Administração Central da Ufes informa que, em decorrência das denúncias apresentadas acerca da existência de fraude ao sistema de Reserva de Vagas na modalidade de cotas para pretos e pardos, foi instaurado um processo administrativo com vistas a apurar se, sob o ponto de vista jurídico e fático, realmente ocorreram os fatos classificados na denúncia como fraudulentos.

A Procuradoria Federal da Advocacia Geral da União junto à Ufes esclarece que, se após o devido processo legal, no qual será garantida a ampla defesa e o direto ao contraditório aos acusados, for constatada violação da Lei Federal de Reserva de Vagas e da Resolução da Universidade que estabelece sistema de reserva de vagas no Processo Seletivo da Ufes, os estudantes que tiverem praticado irregularidades terão suas matrículas anuladas, com o consequente desligamento da Universidade.

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.