Projeto de auxílio à reintegração de egressos do sistema prisional será apresentado nesta terça, 27

A reintegração de egressos do sistema prisional é um dos maiores desafios do Brasil. Muitos cumprem suas penas e, quando voltam ao convívio social, acabam desassistidos e sem perspectivas. Pensando nisso, foi criado o projeto de extensão Impactando Vidas, que visa promover iniciativas que potencializam a cidadania e a consciência social dos detentos.

O projeto será apresentado nesta terça-feira, 27, no auditório do LabPetro, campus de Goiabeiras da Ufes, às 10 horas, e consiste em acolhimento de aproximadamente 60 trabalhadores apenados. O evento será presencial e seguirá todos os protocolos de segurança previstos pelos órgãos oficiais. Os trabalhadores serão divididos em duas turmas de 30 pessoas, para evitar aglomerações, sendo uma acolhida às 10 horas e outra às 14 horas.

Impactando Vidas

O projeto se destina a detentos do sistema penitenciário em geral e a reeducandos (atualmente, com idades entre 16 e 20 anos), a suas famílias e à comunidade externa, buscando um retorno efetivo do indivíduo à sociedade. Conforme a coordenadora do projeto, a técnica-administrativa Rosália Antunes, a ideia nasceu a partir do convênio da Ufes com a Secretaria de Justiça do Espírito Santo, em março de 2017.

O objetivo do Impactando Vidas é dar um passo além e contribuir com a formação de indivíduos de forma permanente. Assim, o projeto busca oferecer treinamento em serviços como de jardinagem, pintura, manutenção de sistemas elétricos e hidráulicos, soldagem. A capacitação também almeja fornecer aos acolhidos noções de informática e vivências em áreas culturais. “Queremos mostrar algo além do que muitas dessas pessoas conhecem. Várias nunca entraram em um cinema, numa galeria de arte, então é uma oportunidade para abrir horizontes”, explica Rosália Antunes.

Estão previstos 12 encontros, nos quais o indivíduo receberá ferramentas para autoconhecimento emocional e racional, potencializando crenças fortalecedoras e a autoestima. Após essas sessões, serão iniciados os treinamentos em serviços, que devem durar de quatro a seis meses. Ao seu término, serão entregues os certificados emitidos pelo Projeto Impactando Vidas. “Ao final do processo de treinamento do indivíduo, que será acompanhado constantemente pela equipe, teremos um profissional formado, capacitado e com experiência”, explica a coordenadora.

Além da Ufes, o projeto conta com a parceria do Governo do Estado do Espírito Santo, da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e da Primeira Promotoria da Infância e Juventude de Vila Velha. O projeto também está aberto a novos parceiros, tal como instituições de ensino, governos estaduais, prefeituras e empresas privadas de todo o país.

Para mais informações, entrar em contato com impactandovidas [at] ufes.br.

 

Texto: Vinícius Fontana
Edição: Camila Fregona

Categoria: 
Destaque
Evento
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 4 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 10 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 16 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.