Saberes populares são destaque em mesas-redondas da Semana do Conhecimento

Nesta terça e quarta-feira, dias 22 e 23, as mesas-redondas sobre os saberes dos povos tradicionais do Brasil são destaque na programação da X Jornada Integrada de Extensão e Cultura (veja programação abaixo). Participarão dos eventos, que buscam promover os “diálogos necessários para o fortalecimento da democracia”, representantes das comunidades quilombolas de Linharinho e Santana; dos povos originários da etnia Tupiniquim; e um mestre da pesca artesanal.

O pró-reitor de Extensão (Proex), Renato Rodrigues Neto, afirma que o objetivo é “resgatar e valorizar os saberes dos povos tradicionais”. “Com essa composição das mesas, a Ufes acena às comunidades que desejamos a participação de cada uma delas nos nossos projetos e atividades”, ressalta.

Ele complementa: “Dar voz às comunidades numa instituição federal é mostrar que a democracia se faz escutando todas as partes da sociedade. Nós precisamos aprender com essas comunidades e a sociedade como um todo. A Universidade precisa de direcionamentos que, muitas vezes, são dados por líderes da nossa sociedade. E aqui, especificamente, estamos falando dos povos originários, dos pescadores e dos quilombolas. Esses saberes nos direcionam em muitos projetos, os que já fazemos e que podemos ampliar. Trazê-los para essas sessões de conversa, dar voz às lideranças, são ações que fortalecem a democracia”.

O pró-reitor reafirmou que a Universidade não existe sozinha e precisa interagir com seu entorno e com os diferentes saberes. “Daí a importância de as comunidades tradicionais trazerem seus saberes, que são fundamentais para o desenvolvimento do nosso Estado e do Brasil”, ressalta.

As mesas vão ocorrer nos formatos presencial, abertas à participação da comunidade em geral, e/ou virtual, pelo canal da Proex no YouTube. Confira a programação:

 

22/11 – terça-feira
Horário: 14h
Local: Auditório do CEFD (presencial) e pelo canal da Proex no YouTube

Saberes tradicionais e Universidade: quilombolas. Diálogos necessários para o fortalecimento da democracia.

  • Gessi Cassiano – comunidade quilombola Linharinho
  • Mestre Natan Santana – comunidade quilombola Santana
  • Marlene Oliveira – representante da Proex
  • Professora Aíssa Afonso Guimarães (Departamento de Teoria da Arte e Música) – moderadora

22/11 – terça-feira
Horário: 19h
Local: canal da Proex no YouTube 

Saberes da pesca artesanal e Universidade. Diálogos necessários à democracia.

  • João Carlos Gomes (Lambisgoia) – mestre de pesca artesanal e presidente do Sindicato dos Pescadores e Marisqueiros do Espírito Santo (Sindpesmes)
  • Rômulo Araújo Primo – Projeto Redes de Cidadania (Ufes/Petrobras)
  • Marcos Teixeira – representante da Proex
  • Professor Yuri Walter (Departamento de Engenharia e Tecnologia) – moderador

 

23/11 – quarta-feira
Horário: 19h
Local: canal da Proex no YouTube

Saberes tradicionais e Universidade: povos originários. Diálogos necessários para o fortalecimento da democracia.

  • Professor Sandro José da Silva (Departamento de Ciências Sociais) 
  • Paulo Tupiniquim - representante da aldeia Caieiras Velha
  • Fabiana Ramos - representante da Proex e moderadora

 

 

Texto: Sueli de Freitas
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 4 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 17 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
QRCODE e link que direciona para o cadastro da UFES no sistema e-Mec
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.