Estudo sobre gastos federais com o tratamento do câncer recebe prêmio da Fundação do Câncer

O trabalho Gastos federais atuais e futuros com os cânceres atribuíveis aos fatores de risco relacionados à alimentação, nutrição e atividade física no Brasil, desenvolvido pela Ufes em parceria com o Instituto Nacional de Câncer e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), ganhou o primeiro lugar na categoria Promoção da Saúde e Prevenção do Câncer da terceira edição do Prêmio Marcos Moraes de Pesquisa e Inovação para o Controle do Câncer, promovido pela Fundação do Câncer.

O estudo revelou uma estimativa de aumento de 66% de novos casos e 81% em mortes por câncer no Brasil, entre 2020 e 2040. A prevenção é apontada como estratégia para o controle, pois alimentação e atividade física estão relacionadas a 12 tipos da doença, avaliando ainda o impacto nos gastos com tratamento oncológico.

Ainda segundo o trabalho, excesso de peso, baixo consumo de fibra alimentar, pouca atividade física, falta de aleitamento materno, alto consumo de carne vermelha, consumo de carne processada e bebida alcoólica são os principais fatores que levam ao câncer e o enfrentamento pode gerar uma economia significativa com o tratamento do câncer até 2040, evitando novos casos, mortes, perda de qualidade de vida e o impacto social gerado pela doença.

Assinam o trabalho os pesquisadores Arthur Schilithz, Bruna Arguelhes, Diogenes Melo, Fabio Carvalho, Leandro Rezende, Luciana Moreira, Maria Eduarda Leão, Paula Machado, Rafael Barbosa, Ronaldo Corrêa Ferreira da Silva e Thainá Alves Malhão.

A cerimônia de entrega da premiação foi realizada na Academia Nacional de Medicina, no Rio de Janeiro, onde foram conhecidos os três primeiros colocados de cada uma das categorias do Prêmio: Iniciativas para o Controle do Câncer, Inovação em Cuidados Paliativos e Promoção da Saúde e Prevenção do Câncer. Os vencedores de cada categoria receberam troféus e certificados, além de premiação em espécie para as primeiras colocações.

Incentivo

O Prêmio Marcos Moraes foi criado em homenagem ao criador da Fundação do Câncer e busca reconhecer e apoiar aqueles que estão comprometidos em melhorar a compreensão, prevenção e tratamento da doença.

Para o diretor executivo da entidade, Luiz Augusto Maltoni, a terceira edição do Prêmio Marcos Moraes mostrou a consolidação da premiação como uma importante iniciativa no cenário de controle do câncer no Brasil. “Esta edição, que teve recorde de inscritos, demonstra a crescente participação da comunidade científica em relação à pesquisa do câncer. Foram 55 trabalhos submetidos de diversas regiões do País que abrangem diversos tópicos, dentro das três categorias contempladas no prêmio”, analisou o cirurgião oncológico.

 

Com informações e foto da assessoria do evento

 

Categoria: 
Destaque
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 3 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 4 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 17 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
QRCODE e link que direciona para o cadastro da UFES no sistema e-Mec
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.