Programa de Atendimento a Vítimas de Violência Sexual é homenageado na Assembleia Legislativa

O Programa de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual (Pavivis), projeto de extensão do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Ufes, foi homenageado nesta quarta-feira, 6, na Assembleia Legislativa por seus serviços prestados à comunidade. A cerimônia aconteceu no Plenário Dirceu Cardoso, por iniciativa da deputada Janete de Sá.

Este ano o Pavivis completa 25 anos de atuação, prestando atendimento gratuito às vítimas de abusos sexuais no Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam/Ufes). O programa oferece acompanhamento médico, psicológico, social e laboratorial a pessoas em situação de violência sexual, além de suporte e orientação também aos familiares por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

A professora do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia e coordenadora do projeto, Chiara Musso, destacou a importância da solenidade: “Oportunidades como esta importam para trazer à tona essa temática tão antiga na história da humanidade. Porque a violência sexual está ao nosso redor, mas poucos a enxergam, poucos a reconhecem. Porque é desconfortável falar sobre ela, pensar sobre ela. Mas é muito mais difícil conviver com ela”.

Atendimento

O Pavivis funciona 24 horas. O atendimento urgente é realizado pelos plantonistas na maternidade do Hucam, enquanto os demais serviços, como agendamento de consultas e acompanhamento, são feitos das 8 às 16 horas. Os encaminhamentos são feitos pelas delegacias da Mulher e de Proteção à Criança e ao Adolescente, pelo Departamento Médico Legal (DML) ou por iniciativa da própria vítima.

Formado por professoras, estudantes de graduação extensionistas e estagiários, e profissionais externos à Universidade, o programa possui em sua equipe médicas ginecologistas e obstetras, médica psiquiatra, enfermeira, psicólogas e assistente social. “O acolhimento e as relações de confiança da vítima com a equipe permitem a reestruturação da sua autoestima, da autoimagem e da dignidade alquebradas pela violência”, afirma a coordenadora.

Desde a sua criação, o Pavivis já atendeu mais de 4 mil pessoas de todo o Espírito Santo. Em média, 12 novos casos surgem todos os meses.

“Precisamos estar atentos para não normalizar a violência sexual. Precisamos tirar as vendas dos nossos olhos. Quanto mais nos envolvermos com a temática da violência sexual, mais facilmente a enxergaremos”, ressaltou Chiara Musso.

Na foto, a representante da Secretaria de Estado da Saúde, Edleusa Cupertino; a deputada Janete de Sá; Chiara Musso; e o deputado Danilo Bahiense. 

 

Texto: Dhébora Molina (bolsista de projeto de Comunicação)
Foto: Divulgação
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 3 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 4 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 5 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 16 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
QRCODE e link que direciona para o cadastro da UFES no sistema e-Mec
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.